Casa

Procurar no nosso site

images/SlideCasa/seguro-habitacao2.jpg

Testemunhos

  carla andreia testemunhos f1

 

 

 

...Sem dúvidas! Pautamos-nos por valores fortes, por isso, descomplicamos as suas dúvidas, simplificando o «segurês»

A lei obriga os proprietários de imóveis em regime de propriedade horizontal a subscreverem o seguro de incêndio. Este é obrigatório mesmo que a casa não seja a habitação principal, no entanto como o seu custo é aproximado do seguro Multirisco, opta-se por esta solução face ao vasto numero de coberturas. É um seguro feito a pensar na proteção da sua casa, tendo em conta os imprevistos que podem danificar ou destruir quer o imóvel quer o respetivo Conteúdo.

A habitação (edifício e/ou conteúdo) é, por norma o património mais valioso de uma família. Há muitos perigos que a podem danificar ou destruir subitamente, como tal é fundamental protegê-la. A garagem está incluída no seguro de imóvel. Embora o nº de assoalhadas que nos indique se refira apenas à habitação, as garagens e anexos também estão protegidos.

Garantir a proteção contra eventuais perigos que podem afetar uma casa – tempestades, inundações, roubo, vandalismo, riscos elétricos, rebentamento de canos, privação temporária de habitação por sinistro, etc. Também protege os proprietários ou inquilinos através de coberturas de grande utilidade, como Responsabilidade Civil, Proteção Jurídica, Danos Causados pelo Inquilino. É possível segurar a fração, o seu conteúdo ou ambos.

Sim. Há muitos perigos a que a sua casa está sujeita. Os seguros garantem a reposição dos bens em caso de necessidade. Pode optar por um seguro multirriscos para segurar o conteúdo, e assim, proteger os seus bens reduzindo o risco de perda.

Para o edifício é considerado o valor de reconstrução da fração ou moradia (não o valor comercial) incluindo mobiliário de cozinha comprado com o edifício ou equipamentos fixos (ar condicionado, eletrodomésticos encastrados, painéis solares, antenas, entre outros). Não é considerado o terreno. Nós auxiliamos na determinação do valor de reconstrução por m2. Em relação ao conteúdo, considere o valor em novo dos bens para substituição, como se os comprasse hoje. No caso de antiguidades ou peças únicas, deverá segurar um valor razoável de mercado. No caso do automóvel (em garagem fechada), contemple o seu valor comercial ao preço do mercado (valor venal).

Pode sempre fazer o seguro com valores aproximados. No entanto, tenha em consideração que os valores a segurar não podem ser inferiores a 85% do valor correto. Caso contrário, será aplicada a regra proporcional nas indemnizações por sinistro.

6 razões para confiar na Sandra Monteiro Seguros

icons razoes escolher sandra monteiro

 

 

 

“Oferecemos conhecimento e sensibilidade na sua proteção”

Sandra Monteiro Seguros